Erro no encarte de CD de Renato Russo resultou em erro no Discobiografia Legionária

O encarte do Equilíbrio Distante, segundo solo de Renato Russo, saiu com um erro horroroso que me levou a errar também no Discobiografia Legionária, na hora de escrever o capítulo sobre esse álbum. O nome de Paulo Loureiro saiu certo em algumas faixas e, em outras, saiu como Paulo Lourenço. Depois de quatro anos, desvendei o mistério correndo de músico em músico até chegar ao guitarrista, que mora em Florianópolis e faz shows por lá.

Ouvi desculpas da galera que produziu o produto, pedi desculpas e prometi que, no dia em que sair uma segunda edição, vou corrigir esse erro eternizado no encarte. Onde está escrito Paulo Lourenço (nas faixas “Strani amore” e “Due”), leia Paulo Loureiro. Esse Paulo Lourenço nunca existiu na vida do cantor da Legião Urbana. Estranho é que acertaram na faixa “Scrivimi”, mas erraram nessas outras duas. Pelo menos foi nessa única faixa creditada corretamente que o guitarrista fez seus melhores violões e até um solo. Paulo Loureiro, querido, mandou essa foto linda para mostrar que tá tudo bem. Obrigada, Paulo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>