Alceu lança álbum com frevos típicos do Carnaval de PE

Difícil escrever sobre Amigo da Arte e não lembrar do Carnaval de Pernambuco, um dos mais tradicionais (e animados) do país. Alceu Valença é um dos maiores responsáveis pela conservação do frevo e é o ritmo típico do estado que ele homenageia em seu novo CD, lançado pela Deck. Chamando atenção também para os outros estilos locais, o músico canta maracatus, caboclinhos e cirandas. Mas são os clássicos Frevo da Lua, Voltei Recife e O Homem da Meia-Noite que ajudam a remeter às ladeiras de Olinda, aos shows do Fortim do Queijo e aos do Marco Zero.

“Lua tão linda / Lua lua lua de Olinda”, canta Alceu reforçando a homenagem ao município de ruas confeitadas de paralelepípedos e casas construídas segundo a arquitetura lusitana. Frevo da Lua (Alceu com Maurício Oliveira e Gabriel Moura) é a segunda faixa do disco, aberto por Olinda (Alceu), uma canção mais intimista “que apresenta a cidade antes dos dias de folia, onde reina a paz dos mosteiros da Índia”. Quem dá a explicação é o próprio Alceu em um texto publicado em seu site, através do qual descobre-se que a faixa que fecha o álbum, Sonho da Valsa (Alceu), é ambientada numa quarta-feira de cinzas: “Fala da saudade do carnaval que passou, da saudade lusitana, do banzo afro, mas também do sonho, que é o éter do carnaval”.

Alceu Valença no CD Amigo da ArteLocalizado às margens do oceano Atlântico, Recife ganhou este nome por ter em sua costa arrecifes, ou seja, barreiras rochosas de arenito que formam piscinas naturais. É a cidade grande que abriga diversos palcos e recebe muitos nomes da música, reforçando a diversidade do Carnaval pernambucano. Para a vizinha de Olinda, Alceu Valença canta Voltei Recife (Luiz Bandeira) e, com a ajuda da portuguesa Carminho, a ciranda Recife (Antonio Maria).

Frevo Dengoso (Don Tronxo), O Homem da Meia-Noite Sou Eu Teu Amor (as duas últimas de Alceu com Carlos Fernando) deixam aquela vontadezinha de pegar um guarda-chuvinha de frevo e sair por aí pulando. Para incentivar o abrir e juntar em uma roda, nada melhor do que Pirata José (Alceu) e Ciranda da Aliança (Alceu com Emmanuel Cavalcanti e Lui Coimbra). Maracatu (Alceu com Ascenso Ferreira) homenageia outro dos ritmos típicos de Pernambuco.

O estilo Alceu Valença de se misturar estilos está presente em algumas canções de Amigo da Arte, entre elas a faixa título. Nas Asas de um Passarinho é uma deliciosa parceria de Alceu com Don Tronxo que parece juntar todos os ritmos. Vontade de sair dançando juntinho com alguma paixão de Carnaval.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>