Selfie-se Quem Puder (Clipe oficial)

Direção: Rodrigo Peixoto
Conteúdo visual e vídeo mapping: VJ Lê Pantoja
Edição: Gabriel Kalegario – Motion Graphic
Selfies: Um monte de gente legal!
Composição: Chris Fuscaldo
Produção musical: Juan Cardoni

Agradecimentos especiais a todos que compartilharam suas selfies!

 

Por Chris Fuscaldo:

“Selfie ou não, eis a questão.” Li essa frase em uma camiseta durante uma temporada que passei na Argentina, e ela não saiu de minha cabeça. Poucos meses depois, ao voltar para casa e começar a trabalhar no repertório do álbum Mundo Ficção, a frase acabou se tornando o ponto de partida para uma composição que viria a se chamar Selfie-se Quem Puder. Durante o período em que fiquei longe de minha vida, por isso acompanhando o dia a dia dos meus “contatos” pelas redes sociais, percebi em alguns perfis uma certa obsessão pelas selfies.

Seriam as pessoas que mais postam fotos de si próprias as que menos têm algo a dizer? Para não desaparecerem das redes, publicar as fotos é uma solução? Fiz muitas perguntas a mim mesma. Algumas delas viraram parte da letra da canção. “Ser ou não ser, eis a questão”, escreveu William Shakespeare para seu personagem Hamlet dizer durante a peça homônima. Fiquei angustiada, pensando sobre como em um passado não distante, nada disso era necessário para ser alguém.

Essa angústia está retratada no clipe Selfie-se Quem Puder, o sexto lançado por mim desde que meu disco veio ao mundo. Dirigido pelo fotógrafo Rod Peixoto, o filme mostra, através de cenas pré-gravadas e de selfies projetadas pela VJ Lê Pantoja, como o vício em selfies pode aprisionar e amedrontar. Para compor as sequências de selfies, pedi através de minhas redes sociais para que meus contatos e seguidores me enviassem suas fotos.

Entre as quase 400 imagens, estão selfies de meus familiares, meus melhores amigos, contatos profissionais e alguns artistas (como o dramaturgo Gerald Thomas, o produtor Liminha, o cantor da Jovem Guarda Renato Barros, o soulman Hyldon e o Mutante Sérgio Dias). As imagens minhas atrás das grades e as da atriz peruana Marilú Gutiérrez correndo pelo Central Park foram gravadas em Nova York pelo cineasta David de Hannay. A edição é do diretor e animador Gabriel Kalegario.

Selfie-se Quem Puder é um rock’n’roll produzido por Juan Cardoni, com solos de guitarra rasgados e parte da letra recitada. Ela está em todas as plataformas de streaming bem como todas as outras canções do álbum Mundo Ficção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>