No dia do Jornalista, a memória da música de Gil que guiou carreiras

Posted by Chris Fuscaldo Category: Dia a Dia

Hoje é dia do Jornalista. Tenho um milhão de fotos para provar que é o que mais tenho feito na vida desde 1999, ano em que comecei a estudar e publicar meus textos em veículos da imprensa. Escolhi essa porque aquele foi o ano também em que pirei que Gilberto Gil tinha composto Pela Internet (lançada no álbum Quanta, em 1997) para pessoas como eu, que já comecei a carreira dividida entre escrever para as revistas de papel e para as eletrônicas (os famosos sites). A reboque das questões moderníssimas para a época, viciei também na canção Cérebro Eletrônico.

De lá para cá, o mundo mudou muito mesmo e eu não estou mais ligada a um ou dois formatos só, mas a vários. Faço jornalismo também quando escrevo trabalhos acadêmicos e livros, quando falo em debates e palestras, quando público certas coisas em minhas redes sociais. Faço jornalismo, sobretudo, quando busco resgatar a memória da música brasileira em alguma dessas formas. Essa foto, inclusive, é a prova disso.

E não sou só eu. A maioria das melhores pessoas que conheço são jornalistas. Não que não tenha gente massa em outras profissões. E, claro, depois de tantos anos, sei que tem jornalista pra caramba nessa rede aqui. Mas eu realmente admiro tantas dessas pessoas que nem vou marcar algumas delas para não ser injusta com outras. Aprendi, com o jornalismo e com muitos jornalistas, a viver. Hoje, sou só agradecimento.

Feliz dia pra nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>