Mimo Festival 2019 tem edições em São Paulo e no Rio de Janeiro com Fórum Ideias predominantemente feminino

As trapalhadas do novo governo fizeram com que este não fosse um ano fácil para ninguém. Para quem trabalha com cultura, muito menos. Resistindo fortemente à perda de patrocínios, o Mimo Festival pela primeira vez desde sua idealização não foi a Olinda. Paraty também ficou fora da escala. Somente o Rio de Janeiro teve repeteco do evento gratuito e, pela primeira vez, São Paulo sediou shows, filmes, aulas e conversas com artistas. Mediado por mim, em ambas as cidades, o Fórum de Ideias foi predominantemente feminino. A não ser por Amadou, marido e parceiro de Mariam na dupla Amadou & Mariam, todas as outras atrações foram mulheres.

Em São Paulo, a portuguesa Marta Pereira de Costa – primeira mulher a fazer sucesso com a guitarra portuguesa na música instrumental – abriu o Fórum de Ideias na sexta-feira (22/11). substituindo a cantora da Mauritânia Noura Mint Seymali, que teve um problema no voo e não chegou em tempo. No sábado (23/11), foi a vez da cantora e compositora brasileira Xênia França conversar comigo sobre Representatividade feminina negra nas artes. No mesmo dia, de tarde, Amadou & Mariam debateram o tema Música e nação: O pop-afreicano no Ocidente. A conversa com a dupla do Mali terminou de forma emocionante, com uma turma de alunos de francês do Capão Redondo cantando uma música dos artistas africanos junto com eles.

No sábado (30/11), Noura Mint Seymali abriu o Fórum de Ideias Rio de Janeiro, no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro. A conversa sobre Vozes femininas na tradição Griot africana acabou com a participação do marido de Noura e guitarrista de sua banda, Jeiche Ould Chighaly. No mesmo dia, de tarde, Amadou & Mariam voltaram a falar sobre o mesmo tema abordado em São Paulo e, de novo, o papo acabou em música.

Confira a galeria de fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>