Repórter demitida após assédio de MC Biel levanta questão: o problema são os jornalistas ou o Jornalismo?

Eu ando dizendo por aí que o Jornalismo vem me decepcionando há tempos. Mas faz pouco tempo que eu comecei a refletir se o problema é a profissão ou quem ganhou força nela e, hoje, comanda o chamado “noticiário”. Empresas particulares totalmente voltadas para seus próprios interesses, editores executivos muito mais preocupados em manter seus bônus altíssimos do que em trabalhar para melhorar o mundo a seu redor, anunciantes completamente parciais determinando a linha editorial dos veículos… É claro que eu sempre soube que, para começar a entender alguma coisa do que é divulgado (do que acontece no mundo), é preciso ler/ver/ouvir jornal/revista, rádio ou televisão diversos. Não adianta ir só em O Globo, só na Carta Capital ou só na Rádio Band, porque você não terá um panorama do tema, muito menos todos os pontos de vista sobre ele! Mas, enfim, não comecei esse post no intuito de refletir sobre como os leitores e espectadores podem pensar o mundo. Comecei esse post porque fiquei revoltada com a demissão da repórter assediada por MC Biel (leia aqui). Que empresa é essa que promete defendê-la e, logo depois, a deixa à deriva?

Eu proponho repúdio ao iG. Eu proponho que nunca mais cliquemos em nenhuma matéria deste site. Se o Jornalismo já está falindo (por causa dos motivos que coloquei acima e outros mais), proponho ajudarmos a matar aqueles que matam não só as notícias como a integridade de quem trabalha por elas.

Obs.: Lembro de uma vez em que, assediada moralmente por integrantes do Los Hermanos em uma entrevista, cheguei no jornal Extra contando a meu editor. Ele, imediatamente, deu-me carta branca para escrever uma crônica narrando a experiência escrota que eu tinha vivido. Fiz isso. Além de ter sido protegida pelo jornal da reclamação da assessoria de imprensa da banda e de ligações de fãs sem noção que acham bonito artista fazer esse tipo de babaquice, senti-me uma jornalista muito mais potente. Cadê esse bom senso que eu vi (e vivi) 10 anos atrás?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>