A frase e a casa em Copacabana de Seu Anatório

Posted by Chris Fuscaldo Category: Dia a Dia Tag:

Em tempos de confusão política, para mim está muito claro que é preciso mais fé no que a natureza criou e menos no judiciário, na religião e nos “chefes”. Estava pensando sobre isso quando esbarrei com a frase acima, pintada no portão marrom da garagem de um edifício, numa rua de Copacabana. Logo que parei para ler os outros escritos, o dono da arte apareceu. Seu Anatório me contou que mora ali e que não conseguem eliminá-lo junto a seu “barraco” porque ele tem argumentos. E tem mesmo.

Seu Anatório fala de política nacional, saúde pública, evolução da medicina e meio ambiente como poucos. Lembra de histórias de Getúlio Vargas de quando ele era menino e diz que sabe alguns rolos de José Beltrame, o secretário de Segurança do Rio de Janeiro.Parece que no prédio vizinho tem um militar que foi muito atuante nos tempos da ditadura, que o prédio pintado está fechado há 44 anos e que o Ibama tentou enquadrá-lo por ter desenhado na árvore, mas saiu com o rabo entre as pernas quando ele falou ser o responsável por salvar do os troncos da rua do cupim.

A casa de Seu AnatórioA pintura da árvores, aliás, representa a morte dos pássaros e das pessoas infectados pelo fumacê da dengue, segundo Seu Anatório. Para ele, tanto faz ter perdido um trabalho na Cedae porque não tinha comprovante de residência. E acha ótimo não repetir o erro da Princesa Isabel, que tinha mais de 20 penicos, um para cada momento de necessidade: “Eu hein?! Ela fazia isso só para dar trabalho para as negras. Eu, quando preciso, abro aquela tampa ali, ó, e tá tudo resolvido!” A tampa em questão é de um bueiro… Só não gostei de ele ter chamado de “barraco” a linda casa colorida, que ganhou até réplica de uma planta: ali dentro, tem prateleiras e até ventilador. “Tenho tudo que preciso. Não entendo essa gente que tem mais ainda que eu e fica reclamando da vida.” Ai, Seu Anatório, difícil entender, né? Enfim, um homem bom!

Hoje, a alma de Seu Anatório não é só gratidão: “Só não admito isso que estão fazendo com a Dilma. Mulher boa, a única que não tem nenhum crime nas costas durante seu governo, sendo arrancada assim da presidência! Ela é que nem esse urubu que pintei, que não tem culpa de nada, mas não pode mais voar por causa dos aviões e é chamado de predador sendo que ele só come restos. Olha aí, acabou o espaço e a conservação dele! Como vai ser a sobrevivência?” Como, Seu Anatório? Como, gente?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>