A despedida de uma tia-avó que me ensinou a ler

Posted by Chris Fuscaldo Category: Dia a Dia Tag:

Hoje, ela se foi. Ela que me ensinou a ler. Não falo da junção de vogais com consoantes (acho que já falei isso antes), mas de leitura, de interpretação, de literatura… Irmã da minha avó, “tivó” Lourdes estava lá em casa cuidando de mim e do meu irmão – enquanto meus pais se divertiam em alguma festa – quando decidiu me aplicar uma das coisas que mais amo: o livro. E ela foi esperta. Viu que eu era iniciante e, também, uma aspirante à pessoa feliz (apesar de não parecer, eu já buscava a felicidade) e me deu “Pollyanna”. Eu devia ter uns 7 ou 8 anos. Talvez um pouco mais. Que saco não lembrar dos detalhes! Sei que foi o primeiro. Depois veio a continuação, “Pollyanna moça”. E outros clássicos que acabaram se misturando aos que os professores indicavam. Acho que Alexandre Dumas veio dela. Não tenho certeza. Algum Machado de Assis, talvez. O fato é que ela não tinha ideia de como aquilo mudaria a minha vida. E lamento nunca ter conseguido dizer isso à querida tia-avó, que muitas vezes se fazia de avó. No fundo, acho que ela sabia. Tivó Lourdes se foi, mas os livros ficaram para eu nunca mais esquecer de como é importante pregar a leitura. Será que eu teria descoberto essa paixão se não fosse ela?

  • Em 27 de março, estive com ela pela última vez:

Tia LourdesEm meio a tantos afazeres, a gente às vezes percebe que não está dando tanta atenção às pessoas mais queridas da nossa vida. Ontem, mesmo atrasada, enrolada e cheia de coisas para resolver, fiz questão de visitar minha tia-avó, que não via há mais ou menos um ano e que sempre foi uma referência para mim. Ela me ensinou uma das coisas que mais gosto de fazer: ler. Não falo do aprendizado da junção da consoante com a vogal, mas da leitura de livros. Literatura. Como ela anda no mundo da lua, não pude agradecer em palavras por eu estar quase me tornando mestre nisso. Mas, quando ela for lá pra cima e começar a olhar aqui pra baixo, acho que vai entender o quanto foram importantes as noites que passou em minha casa cuidando de mim é do meu irmão para meus pais poderem sair.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>