Mulheres do Brasil: Joyce foi a primeira mulher a compor na primeira pessoa do singular

Posted by Chris Fuscaldo Category: Trabalhos Tag:

Chiquinha Gonzaga foi a primeira compositora de que se tem notícia na história da música brasileira e só apareceram autoras de canções novamente nos anos 50 (Maysa, Dolores Duran e poucas outras).  Em sua primeira apresentação, no Festival Internacional da Canção, em 1967, a carioca Joyce causou escândalo com a música Me Disseram. Tocando seu violão e cantando na primeira pessoa do singular, ela foi vaiada em um Maracanãzinho preenchido por 50 mil pessoas. Essas e outras histórias podem ser vistas nesta quarta-feira (22/10), a partir das 23h30, no programa Mulheres do Brasil, no Canal BIS.

Após ser chamada de vulgar e feminista na época, ela é hoje um dos nomes mais respeitados da música brasileira. “Eu tive músicas censuradas por causa de palavras como ‘grávida’, ‘parir’… Não tem nada imoral aí, mas o fato de ser uma mulher dizendo essas coisas era o suficiente para um censor se julgar no direito de proibir aquela música”, relembra Joyce.

O episódio conta com declarações do jornalista e produtor musical Nelson Motta, amigo e grande incentivador dela: “Joyce nunca fez a menor concessão a nada… à moda, à tendência, ao que era popular, ao que era comercial… ela sempre ignorou isso e sempre foi muito fiel à música dela. Porque, além de ela ser uma grande letrista – excelente das melhoras – ela é também uma super compositora e cantora e toca um violão, como se dizia antigamente, um violão de homem.”

No programa, Joyce falou ainda sobre o processo de composição das canções Essa Mulher, Feminina, Boiou e Mulheres do Brasil. Até o dia 12 de novembro, a série do Canal BIS trará depoimentos de famosas cantoras brasileiras. Entre as convidadas já passaram pelo “divã” Ana Carolina, que participou do episódio de estreia, Pitty, Tulipa Ruiz, Zélia Duncan, Vanessa da Mata e Fernanda Takai. Ainda vêm por aí Fernanda Abreu, Isabella Taviani e Mart’Nália. A produção é da Plan Music, com direção geral de Jorge Davidson, direção de vídeo de Bernardo Palmeiro, direção de fotografia de Pedro Paiva, roteiro e entrevistas de Christina Fuscaldo, produção de Bené Benevides e Lana Palmer e pesquisa de conteúdo de Carol Crispim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>