Marcelo D2 e o medo do diretor artístico dar pitaco em sua obra

Marcelo D2 e Jorge DavidsonOutro dia Marcelo D2 me contou que, na época em que começamos a trabalhar o primeiro álbum do Planet Hemp, na Sony Music, ele morria de medo de mim. O maior grilo dele era eu querer me meter no trabalho, dando pitaco ou até querendo impor alguma coisa. E ia aos encontros todo travado. Mas recentemente ele me falou:

“Você perguntou o que eu queria fazer no disco e eu falei que queria usar o repertório que já tínhamos, que queria gravar em tal estúdio e queria produzir nosso próprio disco. Você falou ‘tudo certo’ e eu fiquei achando que deveria ter pedido mais coisas. Uma grana, de repente…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>