Atração da Mimo, Jam da Silva chega ‘perto do céu’ em show no Seminário de Olinda

Posted by Chris Fuscaldo Category: Shows e eventos Tag: ,
'Dia Santo' projetado no altar / Beto Figueirôa

'Dia Santo' projetado no altar / Beto Figueirôa

“Nunca cheguei tão perto do céu!”

A frase solta por Jam da Silva depois da música que abriu seu show no Seminário de Olinda, domingo (06/09), saiu como uma piada. Mas, na verdade, era o sentimento mais profundo do músico sendo exposto daquela forma, naquele momento. Pernambucano radicado no Rio há seis anos, o percussionista/baterista/compositor apresentou seu trabalho solo pela primeira vez em sua casa, ali, na Mostra Internacional de Música em Olinda (Mimo). Com pai, mãe e sobrinhos na plateia, Jam estava emocionado e tentou transformar isso em brincadeira. Funcionou. A Igreja lotada recebeu bem o conterrâneo e aqueles que vêm acompanhando a carreira do músico desde que ele ainda se auto-intitulava Mr. Jam entenderam seus sinais.

Entre a bateria e a percussão, o berimbau / Beto Figueirôa

Entre a bateria e a percussão, o berimbau / Beto Figueirôa

Jam e Isaar: belo dueto em 'Dia Santo' / Beto Figueirôa

Jam e Isaar: belo dueto em 'Dia Santo' / Beto Figueirôa

Jam levou “Dia Santo” ao altar e, alternando-se entre a bateria e os instrumentos de percussão, fez da Casa de Deus o lar da experimentação. Dentre as músicas do disco, lançado em 2008 e aclamado por críticos e amigos, faltou apenas “O Pedido”, gravada por Roberta Sá. Problemas no retorno fizeram com que Jam preferisse não arriscar fazer o vocal, que no CD é do parceiro de composição, Junio Barreto. Se no show de lançamento no Rio de Janeiro Junio participou bonito, em Olinda foi Isaar quem açucarou a noite de véspera do feriado de 7 de setembro: a cantora fez dueto com Jam na faixa-título do álbum. No encerramento, improvisou com a banda um número dos tempos da Orchestra Santa Massa, fundada por “Mr. Jam” e DJ Dolores na década de 90.

A banda de Jam da Silva / Beto Figueirôa

A banda de Jam da Silva / Beto Figueirôa

Destaque para as projeções do coletivo OESTUDIO, já exaltadas neste blog na época do show de lançamento de “Dia Santo” no Cinemathèque (clique aqui). No altar, elas ficaram mais interessantes ainda… Jam da Silva tocou acompanhado da francesa Marion Lemonnier (piano Rhodes, escaleta, programação e vocal), do carioca Gustavo Corsi (guitarra e vocal) e dos pernambucanos Garnizé (percussão) e Walter Pereira (baixo).

Veja trechos do show de Jam da Silva:

One thought on “Atração da Mimo, Jam da Silva chega ‘perto do céu’ em show no Seminário de Olinda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Required fields are marked *.

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>